Sobre nós

        Atribuição de Bolsas Musicais 

Em janeiro de 2012, a SIC Esperança, em parceria com o Rock in Rio, o Ministério da Educação e Ciência e Associação EPIS - Empresários Para a Inclusão Social, lançou um desafio a todas as Escolas e Agrupamentos do país para apresentarem projetos na área da música para a inclusão. O projeto Bolsas Musicais consistiu na atribuição de bolsas de estudo de música a jovens do 3º ciclo do ensino básico e do ensino secundário. Estas bolsas, que terão 2 anos de duração, destinam-se ao ensino da música e à aquisição de instrumentos musicais, com objetivo de usar os benefícios da aprendizagem da música na educação e formação de jovens, incentivando-os a uma melhoria no seu desempenho escolar.

A nossa escola apresentou uma candidatura e foi uma das escolas vencedoras, comtempladas com a atribuição das referidas Bolsas. 

O nosso projeto tendo como eixo orientador a música / o ensino da música, visa essencialmente favorecer, no nosso Agrupamento, a inclusão social e o sucesso educativo.

Assim sendo, pretendemos envolver a comunidade local nas nossas iniciativas com vista à alteração de hábitos e à promoção da cultura.

 

Os Nossos Bolseiros

Este projeto destina-se aos nossos alunos. Foi por eles que apresentámos a candidatura às Bolsas Musicais.

Após a aprovação dos critérios de seleção em Conselho Pedagógico, o júri reuniu e deliberou a atribuição de 33 bolsas. De seguida contactou todos os Encarregados de Educação e alunos, enviando a listagem para a SIC Esperança. Mais tarde foi celebrado o protocolo entre a SIC Esperança e a Diretora do Agrupamento.

 

Atualmente já não designamos os nossos alunos como bolseiros pois terminou o financiamento das bolsas musicais. Existem35 alunos que são interpretes na Orquestra AEPAS.  

 

Sondagem

Gostavas de entrar na Orquestra AEPAS?

Sim (44)
100%

Não (0)
0%

Total de votos: 44

Envia os teus dados para:

orquestra.aepas@gmail.com

 

História do Projecto

No ano letivo 2011/12, o Agrupamento de Escolas Professor Agostinho da Silva increveu-se na Gincana Rock in Rio, competição entre 572 escolas de todo o país. Assim sendo, participou nas 6 tarefas a concurso (1 - Recolha de Embalagens; 2 - Pulseira "Por um mundo Melhor"; 3 - Escola energeticamente eficiente; 4 - Uso eficiente da água; 5 - Escola Electrão; 6 - Gincana online) e apresentou um projeto ao concurso de Bolsas Musicais, dinamizado pela SIC Esperança em parceria com o Rock in Rio. Foi uma das 16 escolas contempladas com bolsas.

Sondagem

Acha importante participar em projetos como a Gincana Rock in Rio?

Sim (41)
98%

Não (1)
2%

Total de votos: 42